quarta-feira, 5 de dezembro de 2007

Once


Finalmente assisti Once, depois de meses esperando, depois de ouvir a trilha milhares de vezes, e depois de viciar na música do clipe acima.
Pense em um filme com músicas, não um musical, mas um filme com e sobre musica. Pensou no Music & Lyrics? Tudo bem, eu também pensaria, The Wonders? Não tão popzinho. Enfim, é um drama, que se passa na cidade de Dublin, e que tem um realismo realmente interessante, não existe pessoas normais, ou idéias normais, o filme não se apóia em clichês da indústria moderna nem fonográfica. Com um estilo diferente, com músicas que surgem durante o filme, e uma câmera sempre em movimento, balançando e seguindo os atores, Once te leva para a mente dos dois personagens principais, revelando aos poucos os passos de cada um, o passado que eles insistem em não esquecer. Como o nome já diz, o filme só poderia ter um fim, mas que deixa um ponto final satisfatório, e ainda fecha com a excelente reprise da música acima. Realmente uma filme excepcional e brilhantemente elaborado. Afinal, para se fazer música precisamos viver a música. Agora, para ficar feliz de vez em termos de filme/música, só falta ver Across The Universe, I'm Not There e Walk Hard, então finalmente ficarei satisfeito. ^_^
Mas Once já foi. xD
Aproveitando agora para falar de Pushing Daisies... Ned finalmente contou pra Chuck que ele matou o pai dela... hahahahaha... foda, seriado realmente criativo e engraçado, adoro a narrativa.
Mas vamos lá, hoje tirei o dia de folga, não vou mexer nas fotos do casamento nem nada relacionado a isso, e só estou escrevendo aqui porque acabo de ver um seriado e um filme romântico, que falaram demais de amor, e como sou humano me senti solitário e deprimido e vim fingir algum tipo de atenção aqui... escrever para desabafar, sempre funciona.
Porém, como me acostumei com isso, eu não estou tão necessidado assim a ponto de perder mais tempo ainda aqui... então já vou, quem sabe dá tempo de ver mais um filme... xD

EDIT: Maldição!!!!!!!! É TUDO UMA ENGANAÇÃO... huauhahuahua... enfim, essas músicas legaizinhas do filme, não foram simplesmente feitas para o filme... tanto essa Falling Slowly como a When Your Mind's Made Up são da banda do cara, o Glen Hansard sei lá o que, a banda, por sinal, se chama The Frames, e eu já tô jogando o album deles no mp3... hehehe... foda descobrir essas coisas viu ¬¬... acaba com a magia e originalidade do filme...
Mas tudo bem... xD

Um comentário:

Mokitty disse...

Hmmm, confesso que a resenha me deixou curiosa! Mas o que "Once" tem a ver com "um único final"? Será que você pode me explicar isso? xDDD
E não fale de seriados que ninguém assiste como se alguém assistisse! xD
E o que que tem que o Ned matou o pai da Chuck? E que raio de apelido é esse para uma menina? LOL.
Eu queria tanto ver essas fotos... Aquela lá do Orkut só me serviu para me deixar curiosa!
Meus pensamentos estão meio como sopa de letrinhas hoje, acho que só eu entendo, porque tive uma overdose de coquetel (não, não da bebida, mas das diretas e palavras cruzadas...)...
Enfim, fiquei triste porque não vai dar para eu ir no teatro amanhã.
E como já escrevi demais aqui, vou encerrar. Comenta lá no meu blog, tio! Não despreza assim minha fidelidade ao seu! xD